Em assembleia, policiais contestam PEC 06/2019

26/09/2019 26/09/2019 09:59 25 visualizações

Neste sábado, policiais rodoviários federais se reuniram em assembleia geral extraordinária na sede da entidade, em Palmas.


Vários tópicos foram abordados pelos agentes na reunião. Em especial, destaca-se a reforma da previdência.


Durante o evento os policiais manifestaram suas preocupações com a possível aprovação da PEC 06/2019, uma vez que temas como idade policial, alíquota previdência, pensão e invalidez são temas que prejudicam a categoria.


Segundo o sindicato, a probabilidade de termos agentes envelhecidos demasiadamente é fator que primordialmente pode comprometer os serviços prestados à sociedade .

Outros pontos foram abordados, como hospedagem, açõs judiiais, novo brasão e colocação de enegia solar para baratear os custos com energia (aprovado instalação desde que haja mais opção de orçamento). Quanto ao hotel de trânsito, ficaram decididos os seguintes valores: R$ 35,00 (Filiado) e R$ 60,00 (não filiado) em apartamentos individuais; ficou aprovado o limete de R$ 80 a diária para o filiado, caso a soma exceda esse montade em uma hospedagem coma família; decidido a transformação do quarto em alojamento (coletivo), cujo valor será de R$ 25,00 (filiado) e R$ 40,00 (não filiado). O brasão com maior votação e aprovado em assembleia segue em anexo.


O sistema sindical dos Policiais Rodoviários Federais continuará sua luta para tentar reverter os danos causados em provável aprovação da PEC 06/2019, inclusive já monitora uma provável PEC paralela que o governo federal estuda enviar para o congresso nacional.